VOCÊ TEM VERGONHA DE EXPOR SUA DOENÇA MENTAL?

By Aline Silveira - Cupido Brega - 23:24:00

Hoje eu vim falar de doenças mentais ou transtornos mentais, como queira chamar. Acho que muita gente prefere o termo transtorno por parecer menos agressivo, já que pensar em doenças mentais nos remete a pessoas excessivamente agressivas, fora de controle ou que são incapazes de se relacionar socialmente de forma ‘’normal’’. O que não é verdade. Se considerarmos aquelas pessoas que tiveram algum sintoma característico de algum transtorno junto as que passam boa parte da vida lutando com esse tipo de problema, temos mais da metade da população mundial. Então é muito provável que você ai, lendo esse texto, tenha ou já teve alguns dos transtornos citados a seguir. 

As doenças mentais mais populares são: Transtornos de Ansiedade, Ataque de Pânico, Transtornos Fóbicos, Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT), Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC), Transtorno Bipolar, Transtorno depressivo, Transtorno Alimentar, Transtornos Psicóticos e Transtornos de personalidade. 

Mas como você lida com isso? Se sente ou se sentiria bem em contar para as pessoas ao seu redor? Você tem certeza que sabe dizer quantas pessoas ao seu redor lidam com esses problemas diariamente? Você deixa seus amigos confortáveis para lhe contar sobre seus transtornos mentais? 

Eu tenho transtorno obsessivo compulsivo, conhecido como TOC e ansiedade. Vejo as pessoas falando de TOC de uma maneira bem superficial e até meio caricata, como se fosse uma piadinha para se fazer com aqueles amigos muito organizados. Mas eu nunca conheci pessoalmente alguém que tenha realmente TOC (ou que assuma ter). Aliás, poucas pessoas sabem do que realmente se trata a doença e tive poucas oportunidades de explicar como ela funciona dentro da minha cabeça. A maioria das pessoas se choca quando eu tento explicar os ‘’gatilhos’’ mentais que desencadeiam as ‘’manias’’. 

Mas o que eu quero com esse texto? Quero abrir mais espaço para as pessoas falarem e aceitarem seus transtornos. Só tratando de maneira natural e não como ‘’coisa de maluco’’ ou frescura é que se abre mais oportunidades pra poder ajudar pessoas. 

Não tenha vergonha de falar sobre seus problemas e esteja aberto para ouvir o que seu amigo tem a dizer também. Não menospreze o problema do outro, isso só o fará se fechar sobre o assunto. E claro, procure ajuda profissional. Apoio das pessoas próximas é importante, mas isso não anula a importância de alguém preparado par lidar com a doença. Não espere até sua vida estar completamente bagunçada por conta de um transtorno mental pra procurar quem possa te ajudar, não menospreze você a sua doença. 


É importante conhecer as doenças e conhecer os sintomas delas, até mesmo para identificar em você (Mas não fique se auto diagnosticando e nem romantizando doença, mas ainda assim procure ajuda, pode ser hipocondria). 

Eu fiz um vídeo falando sobre transtorno obsessivo compulsivo e dei uma breve explicação sobre ele, acho válido acrescentar aqui, pois acredito que poucas pessoas entendem o que é TOC de fato, que resumidamente são atitudes obsessivas e compulsões que consomem muito tempo e interferem na rotina e nas atividades diárias do paciente. TODAS AS ATITUDES OBSESSIVAS E COMPULSIVAS! E não só limpeza e organização, como a maior parte das pessoas pensam, aposto que a maioria aqui não sabia disso. Eu passei muitos anos sem saber que meus ‘’cacoetes’’ eram uma doença e que havia outras pessoas que também tinham. Por isso recomendo assistir.



Facebook 💚 Instagram 💚 Twitter 💚 Snapchat 💚 YouTube

  • Share:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

14 comentários

  1. Oie,
    mtoooo interessante seu post.
    Confesso que não conheço ninguém com nenhum dos problemas, então não posso falar muito.
    Mas deve ser bem complicado ter estas doenças e lidar com pessoas com algumas delas, mas nada que um pouco de compreensão e amizade não resolva :D

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito, muito mesmo do vídeo e do post!
    Tenho TOC também, desde criança fui diagnosticada e só há 2 anos estou livre da medicação. Também adquiri síndrome do pânico e anorexia. Não tenho vergonha nem nada de falar sobre isso, mas alguns familiares simplesmente não aceitam, acredita, principalmente sobre a anorexia :(
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela iniciativa de trazer esse assunto.
    Eu tenho absoluta certeza que irá ajudar muitas pessoas.
    Ah,parabéns pelo vídeo também.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Bem legal seu video, super explicadinho. Graça a Deus nao tenho, mas deve ser bem dificil lidar com isso. Te desejo sorte beijos

    ResponderExcluir
  5. Não devemos ter vergonha de expor as nossas doenças mentais, mas temos que contar para pessoas que realmente se importam com a gente tipo amigos e familiares. Bem legal o vídeo para explicar um pouco sobre a doença!!

    beijos

    http://onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que texto ótimo! Acho super certo tudo isso. Hoje em dia é o que mais tem...
    Muito útil tudo o que você escreveu e disse! Amei o vídeo também!

    Um beijo.
    www.anneabreu.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu já tive/tenho alguns probleminhas desses citados no post e não me sinto a vontade de falar sobre isso com ninguém. Me dá a impressão de que as pessoas ao meu redor vão achar bobagem, coisas sem importância, então prefiro lidar com eles sozinha.
    Mas ótimo post, aliás parabéns!

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Bem interessante.
    Confesso que ainda não tinha parado para pensar nisso.
    Talvez por não ter conhecimento e nem ter por perto alguém que esteja passando pela situação.
    Mas é bom estar informada.
    Gostei!

    bjOO


    Blog Breshopping da Dany
    Conheça também o Breshopping da Dany KIDS
    Instagram: @breshopping_da_dany

    ResponderExcluir
  9. Eu tbm acho que tenho TOC, nunca passei por um psicólogo, mas tenho as características.
    Adorei seu blog e a sua iniciativa, já seguindo :)
    Beijos,
    Juliana.
    Fabulônica
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  10. Olá, Aline.
    Acho que as pessoas tem vergonha de se abrirem por causa da reação das outras. Eu sofro de ansiedade e as pessoas não acreditam e dão risada quando eu conto as coisas que acontece comigo. Por isso prefiro nem falar no assunto. Eu sou tão ansiosa que passo mal só de ouvir o telefone tocar, tenho pavor de atender e quando falei isso uma vez para algumas amigas falaram que é frescura.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Nossa Parabéns Pela iniciativa de Publicação..
    Muito Bom Seu Post

    Beijos..

    https://apegoamaternidade.blogspot.com.br/
    https://www.instagram.com/raquelmacedo1802/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Amei a iniciativa do post! As pessoas precisam ser abrir mais e pedir ajuda, se cuidar quando for necessário.
    Beijos!

    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Não conheço ninguém com TOC, mas ja tive depressão e escondia de todo mundo a minha ''doença''. Adorei o vídeo!
    Beijinhos ❤
    Blog Ale Canofre
    YouTube

    ResponderExcluir
  14. É infelizmente algo que afecta muita gente mas do qual ainda se fala de animo muito leve e que não se leva a sério! Também te estou a seguir! :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir