COMO SER MAIS CRIATIVO & Livro A CAMINHADA EMPREENDEDORA

By Aline Silveira - Cupido Brega - 18:59:00

Este será um post meio resenha, já que a base é o livro A CAMINHADA EMPREENDEDORA - A Jornada De Transformações De Sonhos Em Realidade, dos autores Elton Ivan Schneider e Henrique José Castelo Branco, mas também será um post do diário do livro, já que pretendo lançar alguns posts que tragam um pouco de inspiração, não só pra quem quer escrever um livro, mas pra quem tem blog ou está criando alguma arte. 



Esse livro eu conheci através do Marketing (área que estudo), mas eu parei diversas vezes a leitura pra anotar pontos que eu sabia que não seriam apenas importantes para eu lembrar na hora da prova, mas sim seriam incrivelmente úteis na minha vida com o Blog e com o Canal. Ele trabalha muito a parte da criatividade inicialmente e deixa claro que empreender é muito mais do que abrir uma empresa. 

‘’ Decidir empreender: Por que esse é o primeiro passo da caminhada empreendedora? O que leva um indivíduo a empreender? Se alguém for questionado sobre isso, possivelmente dará como resposta que é para ganhar dinheiro, poder se casar, oferecer aos filhos mais comodidade, poder viajar, comprar uma casa etc. Se continuarmos perguntando por que a pessoa quer isso ou aquilo, no final, possivelmente a resposta apontará a causa real do empreender: o desejo de ser feliz. Portanto, a finalidade última e de raiz da ação empreendedora é a felicidade.

A missão de vida das pessoas é a felicidade. Então, o ser humano empreende pela felicidade, talvez não pensando nela como um alvo, mas sim como uma empreitada, durante a qual vai colhendo momentos de felicidade, enquanto busca a realização de seus sonhos. ’’


Outro ponto importante que o livro mostra é a desconstrução do funcionário exemplar, mostrando como a maioria das empresas tem exigências contraditórias e até a nossa formação não nos ensina para sermos criativos. 

"criatividade é característica da espécie humana: o homem criativo não é o homem comum ao qual se acrescentou algo; o homem criativo é o homem comum do qual nada se tirou."


‘‘... Ao mesmo tempo em que se fala, repetidamente, que as pessoas precisam ser empreendedoras, cobram-se delas posturas e comportamentos adversos aos exigidos de um empreendedor. Um exemplo disso são escolas e famílias que incentivam a formação de bons "empregados", ou seja, aqueles que se habilitam para um emprego, que se resignam a cumprir uma rotina em busca de segurança e tranquilidade. Mas o mercado quer empreendedores até mesmo para ocuparem cargos menos representativos e decisórios em empresas. Por outro lado, as organizações tendem a "formatar" as pessoas para se enquadrarem no perfil de profissionais de que precisam. Nisso, acabam formando exércitos de "seguidores de regras", que as aceitam sem questionamento e que se orientam por elas, perdendo iniciativa, criatividade e adesão à mudança. Tais profissionais, assim, tornam-se rígidos, pouco criativos e acomodados, características totalmente contrárias ao perfil empreendedor. Apesar disso, vale dizer que já existem empresas trabalhando diferentemente sua relação com o espírito empreendedor e criativo de seus colaboradores. Vejamos o exemplo da empresa Google, um dos casos de sucesso da atualidade... O exemplo serve para compreender que os graus de inovação da organização e o de satisfação dos funcionários crescem em ordem direta. ‘’


BLOQUEIOS À CRIATIVIDADE 

O livro também nos mostra uma lista de coisas que nos fazem bloquear e diz que podemos trabalhar nelas se tivermos consciência que isso nos prejudica. A lista é baseada em outro autor Roger von Oech.

1. "A resposta certa".

2. "Isso não tem lógica".

3. "Siga as normas".

4. "Seja prático".

5. "Evite ambiguidades".

6. "É proibido errar".

7. "Brincar é falta de seriedade".

8. "Isso não é da minha área".

9. "Não seja bobo".

10. "Eu não sou criativo".

‘’Ao explicar os referidos bloqueios, o autor diz que as pessoas são viciadas em achar uma resposta certa e param de procurar outras alternativas. E questiona: a primeira resposta certa é a melhor? Pode ser que a segunda, a terceira, a quarta sejam muito melhores. Mas como elas vão surgir se a busca acaba na primeira resposta certa?’’

SER CRIATIVO

E pra encerrar o post de hoje, eu deixo uma lista de coisas que ajudam a aumentar a nossa criatividade.

- Brinque (com crianças, com a comida).

- Busque diferentes pontos de vista (coloque-se no lugar do outro ou de algo).

- Busque muitas ideias (brainstorming).

- Conte histórias (se possível, invente-as).

- Desenhe de forma simples e rápida (mesmo que não seja um bom desenhista).

- Faça novas combinações e arrumações (no armário, no vestir, na cozinha).

- Inverta as coisas (mude caminho, horários, hábitos).

- Relacione coisas rapidamente.

- Use os dois lados do corpo (faça malabarismos; use a mão menos habilidosa para comer, escrever).

- Veja e ouça mais atentamente.

- Anote tudo (tenha um bloco sempre à mão).

- Aprenda a contar piadas.

- Aprenda a fazer coisas novas (música, artes, mecânica, ioga, xadrez, línguas, desenho).

- Pense rápido (estude como o cérebro funciona e exercite os dois hemisférios).

- Permita-se sonhar (sair do real, lógico, racional).

- Use melhor o tempo para poder criar mais (organize-se para ser mais criativo).

- Aumente seu vocabulário (conheça mais palavras, saiba sua origem, significado).

- Busque melhorar o potencial criativo de um local (ambiente).

- Busque mais momentos "lentos" e relaxantes (caminhadas, pôr do sol).

- Invente brincadeiras novas com seus amigos e familiares.

- Conheça lugares diferentes (sebos, asilos, ferros-velhos, lojas de usados, bibliotecas).

- Ensine alguém a ser criativo.

- Escolha mentores (gênios criativos) e converse - e se inspire com eles (tenha papos fictícios com Leonardo da Vinci, Einstein, Thomas Edison).

- Faça pesquisas sobre coisas, pessoas, lugares.

- Dê uma "pirada" (exagere, encolha, adapte e substitua coisas; saia do óbvio, do comum).

- Invente histórias (infantis, ficção, humor).

- Pergunte como uma criança, seja curioso (O quê? Por quê? Quem? Onde? Quando?).


Eu já aplico algumas delas e sei que por mais simples que pareçam, fazem uma diferença enorme. A parte de anotar tudo é mais do que para incentivar a criatividade, é a forma de guardar e organizar todas as coisas que vão surgir na sua mente nos momentos em que estiver fazendo todos os outros itens da lista. 

Por fim, eu deixo um link para o caso de alguém se interessar em comprar o livro, procurei na livraria cultura por ser a mais conhecida (e segura), mas sei que tem em outras e até em versão digital.

(Inscreva-se para receber toda semana um resumo de todas as postagens)

Facebook 💚 Instagram 💚 Twitter 💚 Snapchat 💚 YouTube

  • Share:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

16 comentários

  1. Que interessante este livro,já deixei anotado aqui para ler.
    Ótima resenha.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei a dica de leitura! Deve ser muito legal a faculdade de marketing!
    Gostei muito da proposta do livro e essas dicas para ser mais criativo são muito perfeitas. Já salvei seu post aqui!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto de Marketing principalmente pq posso aplicar aqui e escolhi o curso depois de trabalhar com uma banda na parte de divulgação, então eu tbm posso usar não só com o blog mas pro meu lado musical tbm (Eu canto, ou tento né kkk). Foi um dos livros ''acadêmicos'' que eu assimilei mais rápido.

      Excluir
  3. Que interessante esse livro, Aline. Não sou da área de marketing, mas acho que ia ser uma leitura bem válida pra mim. Eu tô bem pensando em seguir por outros caminhos na carreira e pra o que eu penso, acho que leituras sobre criatividade e empreendedorismo seriam bem úteis. Incrível ver que esses bloqueios aí tem tanto a vez com a minha área de trabalho - Educação - e muitas deles estão presentes tanto em casa quanto na escola. Enfim, adorei a dica!

    Um beijo grande!
    www.heeeymaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ter um blog mesmo não deixa de ser empreender também né?! Acho válido pra várias áreas diferentes.
      😘

      Excluir
  4. Olha tem dia que eu estou com um bloqueio criativo gigantesco.
    Gostei das dicas, vou tentar seguir rs. Já estou praticando fazer novas arrumações e organizações na casa.

    Beijos

    camilatuan.com

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parece otimo. Adorei a resenha. Ainda nao tinha ouvido falar desse livro. Bjs

    www.deboradahl.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Aline, gostei muito de conhecer seu blog, já estou seguindo vc :)
    Sobre o livro, sempre achei que a criatividade é algo que nos transforma em pessoas mais ativas, flexíveis, vivas... Adorei conhecer esse livro, me interessei bastante!

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  7. Oi minha lindinha
    eu li esse livro quando estava na faculdade
    ele é muito bom mesmo ele nos ajuda muito
    no processe de criatividade
    bjs

    MarilisDutra
    |http://marilisdasilvadutra.blogspot.com.br/|

    ResponderExcluir
  8. Olá Aline,

    Anotei o seu livro.. adoro ler tudo a respeito de mkt e mídia sociais!!

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  9. Aline esse livro é muito bom, tem muita coisa boa e importante nele, obrigada por você compartilhar ele,Aline bjs.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Que demais essa dica de leitura! Deve ser incrível cursar marketing <3 Adorei tua resenha. bjuxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
  11. Eu não conhecia esse livro e achei super interessante. Amei as dicas para aguçar a criatividade e eu sou do tipo que também anota tudo, haha.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  12. Quando comecei a estudar marketing, vi que tinha muita ligação com o blog e o canal, e comecei estudando porque fazia parte do curso e tal. Nossa, esse livro é bom todos os profissionais de marketing lerem mesmo, porque em toda agência que trabalhei até hoje, eles colocam umas exigências nada haver pro estagiário de criação ou diretor de criação mesmo, ficar muito ali na rotina, não é bom pra pessoa criativa, isso acaba com a nossa criatividade, ficar ali sempre no mesmo ambiente, cheio de regras, sem poder dar uma respirada, sabe? Isso é muito ruim. Nossa, vou pegar essa lista de bloqueio e publicar no meu Facebook agooora, hahaha! Adorei a lista de coisas pra aumentar a criatividade <3 Vou publicar isso agora mesmo, hahaha! E já quero ler esse livro!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  13. Adorei!! <3
    Brincar com as crianças e com comida HAHAHAHA
    Contar e inventar histórias rs, quando eu tava na faculdade eu tive a matéria 'contação de histórias' era divertido e com certeza instigava a criatividade :)

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir