BOY BANDS! NÃO AS JULGUEM SER LER ISSO!

By Aline Silveira - 11:24:00

Hoje mais uma vez assisti a uma entrevista que mencionava o termo Boy band como algo pejorativo. E senti necessidade de criar essa reflexão.

Não acho justo ouvir esse tipo de comentário sobre os grupos formados de vários caras ou até a versão girls e deixar passar batido, contribuindo para que continue sendo repetido, sem a menor análise de por qual motivo está sendo dito.

A principal menção automática consiste em que Boy bands duram um tempo determinado apenas ... e eu lhes pergunto, por que? Valendo um aplauso e meio. Se façam essa pergunta.

Só pelo fato de serem caras bonitos que não tocam instrumentos e vez ou outra fazem dancinhas? Não, não é por isso!

Realmente temos muitos exemplos de grupos que duraram pouco, porém afirmar que é 100% certo que todos seus integrantes vão sumir em breve não é correto. Essas bandas normalmente são formadas por jovens, sem experiências artísticas fortes, que tem a carreira comandada por outras pessoas e que usam do forte apelo da aparência e consequentemente ‘’poder’’ sobre as adolescentes eufóricas. E como adolescentes mudam de ideia rapidamente, quando elas acharem outra coisa para gostar, esse grupo que foi moldado para agradar apenas aquele público, acaba por perder seu espaço. Outro ponto é o fato dos próprios integrantes do grupo começar a crescer e ter seus conflitos internos, gerando problemas com integrantes, equipe e muitas vezes descobrindo novos rumos para suas vidas e carreiras.

Mas ... quando esses rapazes, mesmo ainda com pouca idade, dão sinais de terem reais talentos e mesmo que inicialmente de forma modesta, tentam ir segurando as rédeas de suas carreiras, a situação já é completamente diferente.

Não é só esse tipo de grupo que começa dependendo do conhecimento de outras pessoas, ninguém nasce sabendo. Muitos dos grandes nomes da música tiveram mentores em seus inícios.

Mesmo não sendo instrumentistas, ou não os levando para o palco, não quer dizer que não sejam músicos de verdade. Cantar também faz parte da música sabia? São como os cantores solos, mas com mais de uma voz. Particularmente inclusive, gosto de bandas ‘’tradicionais’’ que tenham mais de um vocalista. Sou fã de uma intercalação, lembram daqueles caras, os Beatles?!

Quando ao longo do tempo você consegue notar amadurecimento, identidade, autonomia nas decisões e criações, nada mais os diferem daquelas bandas onde os caras tocam seus instrumentos e que nem sempre são tão bonitos.

  • Share:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários