DE NADA ADIANTA, SE NÃO FOR PRA SER FELIZ!

By Aline Silveira - 03:48:00

Uma vez eu matei o amor. Fiz isso porque, assim como eu costumo dizer que dinheiro não me move e que quero um emprego que o dia a dia seja bom, nem sempre perfeito, mas que me alegre em fazê-lo, eu também não posso me contentar com a ideia de apenas poder dizer para as pessoas que tive um amor.

Eu preciso sentir o amor, o que não havia nesse caso passado. Eu só lembro-me de angustias, de lágrimas, de olhar o que me esperava na rotina. Em como seria cozinhar, organizar a casa e sim pensava em educar filhos. Nada daria certo com alguém tão intolerante, egoísta e de pensamento fechado e limitado.

De que me adiantaria dizer um eu te amo, sem sentir nos pequenos gestos e sorrisos. Amor está nas coisas simples, na mesa de café da manhã, nas risadas à dois, em planejar viagens, em poder conversar sobre qualquer coisa, desde os assuntos profundos às piadinhas e dancinhas dos dias bobos.

Pra mim, amar vale à pena, quando você sente que pode dividir a vida com aquela pessoa, as alegrias das grandes conquistas às pequenas dores de cabeça, o simples dia após dia.

  • Share:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários